Menu de páginas
RssFacebook
Menu categorias

Postado por em 14/07/2016 em Postagens | 0 comentários

Meditação

A meditação é uma ação milenar com origem oriental. Segue um agrupamento de técnicas que procura treinar a atenção, manter a concentração e controlar o estresse. Quase todas as religiões a praticam, cada uma com sua finalidade.

Muito buscam a ioga justamente para praticar a meditação, principalmente com o intuito de relaxar. Outros, um pouco mais experientes e avançados, buscam pelo nirvana. Opa, espera aí! Mas isso não é um grupo musical? Não é disso que estamos falando. Nirvana é o estado máximo que alguém pode atingir, é um estado de paz e tranquilidade alcançado por meio da sabedoria.

Mas como praticá-la? O que é necessário fazer? Leia este artigo, pois daremos as dicas que você precisa saber.

Meditação

O que preciso e devo saber sobre a meditação?

Não existe um horário ideal para a prática. No entanto, recomendam-se as horas do nascer e pôr do sol, uma vez que a natureza está em transição entre o dia e a noite. Procure vestir roupas confortáveis e reserve um horário só para você. Tenha certeza que não será interrompido por nada. A escolha do local é algo relevante. Imagine meditar no meio do barulho de uma cidade, com buzinas, construções e outros incômodos?

Nessa hora, relaxe, não pense em nada, principalmente nos problemas. Sente-se e mantenha a coluna ereta, relaxe ombros e pescoço e feche os olhos.

Pratique por um tempo predeterminado. Já pensou ficar olhando o relógio de minuto em minuto para se certificar de que já deu o horário que escolheu? Por isso, prepare um alarme. Se decidiu praticar por cinquenta minutos, marque cinquenta minutos no alarme. Quando cessar esse período, o alarme vai avisá-lo.

 

Existe uma posição para praticar a meditação?

A postura sentada é sugerida por ser considerada mais fácil. A mais conhecida e realizada pelos adeptos é a posição de lótus, em que o indivíduo permanece sentado (por isso considerada mais fácil) com as pernas cruzadas – o pé esquerdo apoiado sobre a coxa direita e pé direito sobre a coxa esquerda. Além disso, devem-se manter as costas eretas, os olhos fechados (de preferência) e a mão esquerda sobre a direita, ambas em repouso no centro das pernas.

Embora essa seja a mais comum, a prática em pé também vem ganhando espaço. Muitos praticam em parques, locais isolados, entre outros lugares, a fim de melhorar a postura, evitando dores na coluna e nos joelhos e aumentando a flexibilidade.

Na prática budista, há quem pratique andando, o que desenvolve a concentração em movimento, energia para a mente e vitalidade para o quarto.

 

Por quanto tempo devo praticar a meditação?

Não há regra para isso. No início, o período é curto, ou seja, alguns minutos. Depois de praticar bastante, se aperfeiçoar, pode durar mais tempo, inclusive até horas e dias! Há relatos de quem já ficou meses na prática – caso do jovem nepalense Palden Dorje.

Um dos pontos importantes para se lembrar é que a frequência com que se pratica a meditação também influencia nos resultados.

 

Quais os benefícios?

  • Melhora a postura. Nesse ritmo acelerado que vivemos, muitas vezes não nos damos conta da posição em que ficamos, paramos ou sentamos. É preciso atentar-se para manter a coluna ereta sempre.
  • Melhora a concentração, autodisciplina e tranquilidade de espírito (comumente conhecido como equanimidade).
  • Melhora a respiração. Como? Inspirar e expirar calmamente, na frequência correta, ajuda a manter o ritmo.
  • Reduz o estresse e a ansiedade, diminui a pressão arterial e melhora o sono.
  • Ajuda a ativar o sistema imunológico.

 

E então, o que está esperando para meditar? Restou alguma dúvida? Deixe-a aqui nos comentários, e responderemos o quanto antes.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *